FARO, A CAPITAL DO ALGARVE

Faro é o nome da capital do Algarve. Na verdade, é a capital do distrito com o mesmo nome – Faro. Na prática, este distrito abrange toda a região do Algarve. Ao todo, são mais de 5000 km2.

Assim, o distrito de Faro (e na prática o Algarve) estende-se desde Aljezur e Vila do Bispo, a Oeste, até Castro Marim e Vila Real de Santo António, a Este. Em Portugal, convencionou-se chamar à região Oeste algarvio «Barlavento». Por outro lado, a região Este, a partir de Albufeira, é conhecido como o «Sotavento».

Aproximadamente ao centro, a cidade de Faro é a capital. A cidade que acolhe o aeroporto, onde todos os anos chegam milhares de turistas estrangeiros.

Ao lado, espreite o vídeo promocional do Município de Faro.

VÍDEO: MUNICÍPIO DE FARO
Booking.com

Já escolheu o próximo destino?

Em Crossing Portugal, pode reservar transporte e alojamento, e muito mais. Trace caminhos a percorrer, escolha espaços a visitar, paisagens a registar na memória e, claro, sabores a experimentar.

Convidamo-lo a afastar-se das multidões e a conhecer o melhor de Portugal.

RESERVAS

FARO, UMA CIDADE HISTÓRICA COM ILHAS AO LARGO

O Aeroporto Internacional de Faro abre as portas a milhares de visitantes vindos de todo o mundo. Procuram o sol algarvio, as praias paradisíacas, a cultura ancestral do sul de Portugal e, claro, a animação própria de um destino de férias concorrido.

Noutros tempos, Faro começou por ser uma cidade portuária fortificada. Contudo, hoje é a Meca do turismo português.

Para os seus milhares de visitantes, Faro é sinónimo de férias, praias, lazer e bom tempo. A cidade é delimitada a sul pelo Parque Natural da Ria Formosa, que engloba uma série de ilhas e ilhotas ao longo da costa. Vale a pena apanhar o barco e desfrutar das praias de areia dourada, que se estendem entre a Península de Ancão (ilha de Faro) e a Ilha da Culatra.

Apesar de o seu aeroporto ser uma porta de entrada internacional, a cidade de Faro não se descaracterizou pelo turismo de massas. Pelo contrário, a sua imagem de marca é o património que herdou de muitos séculos de História. Nomeadamente monumentos, igrejas, praças, conventos e museus, num bonito centro histórico que convida a passeios tranquilos e compras,

Entre o seu património, destacam-se ainda as ruínas romanas de Milreu e a invulgar capela dos Ossos, na Igreja do Carmo. Muito perto da cidade, outra pérola histórica: o imponente Palácio de Estói, transformado numa pousada de luxo.

DE PORTO COMERCIAL A MECA DO TURISMO

O nome original de Faro era Ossonoba. São dos fenícios os primeiros registos de ocupação deste território, no século IV a. C. Era, já na altura, um entreposto comercial de peixe, minério e produtos agrícolas. Mais tarde, entre os séculos II a. C. e VIII d. C, esteve sob o domínio dos romanos e dos visigodos, que sucessivamente ocuparam a Península Ibérica.

Sendo um porto estratégico para as rotas marítimas e para o comércio, este foi sempre um território muito disputado. Assim, foi conquistada pelos árabes vindos do Norte de África em 713. A ocupação árabe manteve-se durante vários séculos. Assim, no século XI a cidade passa a ser designada Santa Maria Ibn Harun, de onde evoluiu a palavra Faro.

Na altura, o vasto reino dos Algarves estendia-se até Sevilha. Faro era a capital de um principado, e estava rodeada por uma cintura de muralhas protetoras.

Efetivamente, o Algarve foi a última região de Portugal a ser conquistada aos árabes do Califado Almóada, no século XII. De facto, o rei D. Afonso III foi o responsável por esta conquista, em 1249. Deste modo, marcou a delineação final do território português.

FAÇA AS SUAS RESERVAS

ALOJAMENTO

Booking.com

VOO

O SEGREDO MAIS FAMOSO DA EUROPA

O Algarve é promovido pelo Turismo de Portugal como «o segredo mais famoso da Europa». O slogan traduz a dualidade que esta região representa: mundialmente famosa e procurada por viajantes de todo o mundo, mas ao mesmo tempo cheia de encantos e recantos desconhecidos, que apenas poucos conhecem. A cidade de Faro é a capital desta região. 

Longe dos grandes centros turísticos, o Algarve vai muito além das praias e do turismo. É feito de montanhas e trilhos, praias desertas, gente castiça e sabores tradicionais. Por isso, já sabe: saia dos grandes centros, e aventure-se no Algarve mais profundo. 

Ainda não reservou os próximos dias de férias?

Descubra histórias e sugestões exclusivas que vão inspirar e enriquecer a sua viagem. No final, regresse a casa revigorado e mais feliz.

Escolha o próximo destino e faça férias todo o ano.

A REGIÃO MAIS VISITADA DE PORTUGAL

Hoje em dia, é no Aeroporto de Faro que aterram todos os dias milhares de turistas vindos de todo o globo. A fama do Algarve atravessa fronteiras desde há muito, com as praias, o golfe e o mar ameno a servirem de mote à procura turística. Afinal, o Algarve é a região portuguesa mais visitada de todo o país. Tanto pelos nacionais como pelos estrangeiros.

De acordo com dados de 2018 publicados pelo Instituto Nacional de Estatistica e destacados pela Região de Turismo do Algarve, esta parte do país registou 4,2 milhões de hóspedes e quase 19 milhões de dormidas. Destas, mais de 14,4 milhões eram estrangeiros e 4,4 milhões eram residentes em Portugal. Os principais mercados estrangeiros emissores de turistas para o Algarve são o Reino Unido, com uma liderança bem destacada, seguido pela Alemanha e a Espanha. A juntar a estes, os Estados Unidos, Canadá e Brasil são alguns dos mercados emergentes, cada vez mais adeptos do turismo no Algarve.

Para combater a sazonalidade veraneante nesta região, a entidade que gere o Turismo do Algarve tem vindo a dinamizar uma série de iniciativas para atrair visitantes também em época baixa. É o caso do turismo de natureza, do cicloturismo ou da programação cultural reforçada entre outubro e maio.

UM PERCURSO PARA CONHECER FARO

Um bom ponto de partida para conhecer a capital do Algarve é a Estação de Comboios de Faro ou, um pouco mais à frente em direção à marina, o Terminal Rodoviário.

Siga em frente, rumo à Doca de Faro e aprecie a visão ribeirinha, retalhada entre pequenas ilhas e a água. Ao fundo encontra o Arco da Vila, a impnente entrada da cidade, em estilo neoclássico, do século XIX. Este bonito monumento que assinala a transição entre a parte nova da cidade e o centro histórico.

Se continuar o seu caminho sempre em direção à ria, pela Rua do Município, vai encontrar a Câmara Municipal. A par disso, um pouco mais à frente, está a imponente catedral de Santa Maria.

Em pleno Largo da Sé, este edifício medieval, do século XIII, alberga um museu religioso que vale a pena espreitar.

Booking.com

A DESCOBRIR NA CIDADE DE FARO

SHOPPING

UM DOS MELHORES MUSEUS DE PORTUGAL

Se contornar a igreja e seguir pela Rua do Castelo, vai encontrar a Cidade Velha e o Museu Municipal de Faro.

Já foi considerado um dos melhores museus de Portugal e fica aqui em Faro, no coração do Algarve. Mais precisamente, na praça Afonso III. Em destaque, nesta praça, está uma estátua deste rei, que deu a Faro o seu primeiro foral, em 1269.

Tendo sido outrora um convento, hoje o Museu acolhe exposições temporárias, a par da permanente. Com um rico espólio, abrange desde a pré-história ao séculos XX, passando pelos períodos romano e medieval.

Aqui pode descobrir, entre outras peças, bustos imperiais de Adriano e Agripina, ou quadros do pintor Carlos Porfírio sobre as lendas do Algarve, Sem dúvida, este museu municipal merece uma visita.

A MURALHA QUE DEFENDEU A CIDADE

Siga pela direita, pela Rua do Repouso, e vai encontrar o Arco do Repouso e as imponentes Muralhas de Faro.

Se preferir, regresse à cidade velha e perca-se nas estreitas de pequeno comércio, e no paredão junto à ria. Uma das ruas mais tradicionais da cidade é a Rua Dom Francisco Gomes, plena de lojas e de restauração, e outra Rua que vale a pena percorrer é a Rua Comandante Francisco Manuel, que desemboca num arco árabe na muralha, junto ao paredão.

Em alternativa, siga um pouco mais à frente e visite a bonita Igreja da Ordem Terceira de São Francisco. Sem dúvida, um belíssimo exemplar do século XVII, decorado com talha dourada e azulejos.

PUB

CONHEÇA TAMBÉM, NOS ARREDORES

PARTILHAR